1º Encontro do suporte jurídico e sindical em Santa Rita

SUPORTE JURÍDICO SINDICAL.
Aos dias 08 e 09 de novembro de 2017, estiveram reunidos na cidade de Santa Rita-MA, acolhidos pelo presidente Gilmar Garcia do SINTESP/SR no auditório do C.E. Monsenhor Dourado. O evento foi organizador pelo Conselheiro Estadual e Presidente da Comissão de Direitos Difusos e Coletivos da AOB do Estado do Maranhão, além de assessor jurídico de algumas dessas entidades, Dr. Marinel Dutra de Matos, contaram com a presença de vários representantes sindicais de Nina Rodrigues-Ma, Presidente Vargas-Ma, São Benedito do rio Preto-Ma, Buriti-Ma, Chapadinha-Ma, Bom Jardim-Ma, Timbiras-Ma, Olinda Nova do Maranhão, Peri Mirim-Ma, Palmeirândia-Ma. Tendo como discussão, esclarecimentos e encaminhamentos dos seguintes assuntos: Unificação de matriculas; Precatórias do FUNDEF; 1/3 de férias de 45 dias; repasses do INSS; redução de Jornada 13hs (hora/aula de 45 ou 50 minutos). Além da disseminação da Pauta foram levantados alguns assuntos pertinentes as categorias de servidores como: Fundos de previdência próprios e dificuldades de informação do mesmo; Importância dos Conselho no combate as arbitrariedades dos Gestores; Calendário escolar; PCCS da Saúde e Administrativos; PIS/PASEP informação das RAIS em março; Contribuição sindical de 2% e Imposto Sindical (não mais obrigatório, porém não é proibido). Depois de todas as discussões serão encaminhadas notificações extra judicias de alguns dos assuntos, uma vez que nossos ofícios não são atendidos e / ou respondidos pelos gestores. Logo após as temáticas ficou acordado que o Dr. Tiago Jefferson elaborasse um Projeto de Lei para: 1- obrigar os municípios a recolher e repassar aos sindicatos a contribuição sindical mensal. 2- Obrigar os municípios a recolherem e repassarem aos sindicatos o Imposto/Contribuição referente ao (1) um dia de trabalho tendo como referência o mês de março de cada exercício dos associados a entidade sindical. 3- Disponibilizar (3) três servidores para o exercício de atividade sindical conforme Leis Municipais específicas, já no final dos trabalhos recebemos informações sobre os processos precatório do FUNDEF do Escritório de Advocacia do Dr. Azedo.

 

Deixe uma resposta